Enquete: Você é a favor ou contra a jornada de 10 horas? Clique aqui e vota!

Notícias > Campanha Salarial

Imagem

Proposta da Haarslev prejudica os trabalhadores e não será votada

Nesta quarta-feira (19), a empresa Haarslev, do CIC, fez uma proposta de acordo bem abaixo do que os trabalhadores da empresa e a categoria em Curitiba lutam. Fato inadmissível, já que a proposta é mais baixa até mesmo do que vinha sendo negociado com o patronal para a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

Por isso, em assembleia realizada na porta de fábrica na manhã desta quarta-feira (19) liderada pelo Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba (SMC), ficou definido que uma proposta como essa nem seria colocada em votação, afinal, caso se aprove algo como essa proposta, os trabalhadores sairiam no prejuízo, uma vez que, ao fechar a CCT com reajustes maiores do que o oferecido, a diferença não seria reposta. 

Sindicato e trabalhadores aguardam uma nova posição da empresa, dessa vez com um acordo que atenda as reivindicações dos metalúrgicos e que não resulte em prejuízo para quem trabalha na Haarslev. Uma nova assembleia com os trabalhadores já está marcada para o início de janeiro. 

Outros encaminhamentos

A demissão de alguns trabalhadores do chão de fábrica na última semana também foi assunto da assembleia, bem como a situação para qual se encaminha a Haarslev.

 

A Haarslev emprega cerca de 150 trabalhadores que produzem equipamentos agropecuários e está situada na Cidade Industrial de Curitiba (CIC).

Categorias:

Veja as fotos dessa notícia

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Comente esta notícia

Desenvolvido por Agência Confraria