Cadastre seu WhatsApp e receba as notícias do SMC

Notícias > Notícias do dia

Imagem

Metalúrgicos de Sorocaba tentam impedir mais demissões

Depois de cortes na Toyota e em fornecedores, trabalhadores se reuniram no parque tecnológico da cidade

Os metalúrgicos da Toyota de Sorocaba (SP) e de fornecedores instalados ao redor da montadora se reuniram na manhã e tarde da terça-feira, 25, como forma de tentar impedir o avanço do desemprego na cidade em razão do fim do terceiro turno na montadora, que produz ali os modelos Etios e Yaris.

Segundo o SMetal, sindicato dos metalúrgicos da cidade, a Kanjiko teria demitido 60 trabalhadores e a Schaeffler, cerca de 100, em ambos os casos como consequência do fechamento do terceiro turno na Toyota. A possibilidade de greve estaria afastada no momento. A assembleia ocorreu no parque tecnológico da cidade e reuniu funcionários da montadora, da Kanjiko e de outras empresas parceiras como Scorpios, Gestamp, Faurecia, Sanoh e TT Steel.

“O objetivo da assembleia é a defesa do emprego e dos investimentos para a planta (da Toyota) de Sorocaba, que beneficiará toda a cadeia produtiva”, recorda o presidente do SMetal, Leandro Soares.


 

O sindicato abordou também os impactos em outros fabricantes como ZF e Clarios, antiga Johnson Controls. Esta última, segundo o sindicato, pode protocolar aviso de férias coletivas de 900 funcionários até o dia 28 de junho. A Gestamp já teria protocolado pedido de férias para 200 funcionários na próxima semana, segundo a diretora do SMetal, Priscila Silva, que atua na empresa.

Fonte:Automotive Business

Categorias:

Comente esta notícia

Desenvolvido por Agência Confraria