Portal SMCCARD | Acesse aqui

Notícias > #mexeucomummexeucomtodos

Imagem

Renault: Mais de 700 demissões, mais de 700 famílias atingidas em defesa dos empregos

A greve na Renault do Brasil, em São José dos Pinhais, não se restringe apenas aos 747 demitidos mas também as respectivas famílias. Desde que foram desligados no último dia 21 de julho, vários por e-mail, os familiares entraram junto na luta em defesa dos empregos na montadora. Esposas, maridos e filhos começaram a comparecer na porta de fábrica reforçando a mobilização nas assembleias lideradas pelo Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba.

A vontade de reverter a situação é tão grande que os trabalhadores demitidos, juntos com as famílias foram as ruas conscientizar a população sobre o impacto social causado pela Renault.

No último final de semana, no sábado (25), a mensagem foi passada no calçadão de São José dos Pinhais, em caminhada que começou na Igreja Matriz, terminando na concessionária da fabricante de origem francesa situada na Avenida das Torres. Ainda houve folego para retornar caminhando até Igreja. Lá finalizando com uma oração e hino do Brasil, ecoado por uma caixa de um comerciante que se sensibilizou com a situação.

Os atos continuaram no domingo (26) logo de manhã, mesmo com frio, mas com muita unidade, na frente do Palácio Iguaçu para cobrar do governo uma postura em relação aos incentivos fiscais que a montadora recebe há anos. De lá teve carreata até a montadora, onde foi realizado um ato ecumênico com o Frei Edmilson.

Os atos foram transmitidos pelo faceboook.com/metalurgicosdecuritiba

Os relatos destas famílias estarão em breve, no youtube.com/metaltvsmc.

Veja as fotos dessa notícia

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Comente esta notícia

Desenvolvido por Agência Confraria