Notícias

Imagem

Brasil Metalúrgico fará um 14 de setembro contra o fim dos direitos

O movimento Brasil Metalúrgico, que reúne sindicatos, federações e confederações dos trabalhadores da indústria, incluindo os Metalúrgicos da Grande Curitiba, tem mobilizado a classe trabalhadora para o 14 de Setembro, Dia Nacional de Luta, Protestos e Greves contra o fim dos direitos sociais, trabalhistas e previdenciários da classe trabalhadora.

Neste dia, que cai numa quinta-feira, teremos mais assembleias e manifestações nas portas de fábrica e atos unificados nos Estados. Ações conjuntas serão marcadas no Paraná, em São Paulo, na Bahia, em Minas Gerais, no Rio de Janeiro e no Rio Grande do Sul.

“Nesse dia, os metalúrgicos da Grande Curitiba vão mostrar que estão unidos contra o fim dos nossos direitos. Vamos seguir na luta principalmente para barrar a Reforma da Previdência e seguir na busca para reverter a Reforma Trabalhista”, explica Sérgio Butka, presidente do SMC, da Força Sindical Paraná e da Federação dos Metalúrgicos do Paraná.  

Bandeiras de lutas prioritárias:

• contra o fim dos direitos sociais e trabalhistas

• em defesa das conquistas nas Convenções Coletivas

• contra o desmonte da Previdência Pública

Plenária – no dia 29 de setembro, o movimento Brasil Metalúrgico realizará em São Paulo uma Plenária Nacional dos Trabalhadores, com a participação de metalúrgicos e outras categorias ligadas ao setor produtivo.

Agenda:

14 de Setembro – Dia Nacional de Luta, Protestos e Greves contra o fim dos direitos

29 de Setembro – Plenária Nacional dos Trabalhadores do Setor da Indústria

Mais informações na página oficial do movimento Brasil Metalúrgico.

Comente esta notícia

Desenvolvido por Agência Confraria