Ação FGTS: Veja aqui se você já fez sua adesão

Notícias > Notícias do dia

Imagem

General Motors demite mais de 200 em cerca de 15 dias

General Motors demitiu em cerca de 15 dias um total aproximado de 215 trabalhadores em três diferentes instalações. Os cortes atingiram 125 pessoas na fábrica de São Caetano do Sul e 60 no campo de provas de Indaiatuba (a maioria, engenheiros). Outros 30 trabalhadores foram dispensados da fábrica de São José dos Campos (quase todos aposentados). As três plantas ficam no Estado de São Paulo. As dispensas em São Caetano ocorreram após um Plano de Demissão Voluntária (PDV). O comunicado sobre os cortes partiu do Sindicado dos Metalúrgicos de São José dos Campos, que atribui as demissões ao plano de reestruturação global da companhia.

A entidade recorda que a GM anunciou em março um pacote de investimentos de R$ 10 bilhões a ser aplicado no lançamento de novos veículos e na modernização das fábricas de São Caetano do Sul e São José dos Campos. Na época assegurou a manutenção dos empregos de mais de 13 mil funcionários (9 mil em São Caetano e 4,4 mil em São José), além da abertura de mais 400 vagas diretas e 800 indiretas.

Em resposta aos cortes, a General Motors se resumiu a citar o PDV aberto em 28 de agosto na fábrica de São Caetano do Sul e encerrado dois dias depois “com o objetivo de ajustar a estrutura às necessidades do negócio”. Não explicou os motivos para as demissões no campo de provas nem em São José.

Fonte:Automotive Business

Categorias:

Comente esta notícia

Desenvolvido por Agência Confraria