Próximas assembleias, confira as datas

Palavra do Presidente

No dia 14 de setembro os metalúrgicos vão parar o Brasil

Sérgio Butka - Presidente

Não dá mais para ficar só vendo o governo tirar nossos direitos e não fazer nada. E é por isso que mais uma vez, no dia 14 de setembro, nós metalúrgicos vamos PARAR O BRASIL! Será esse o dia Nacional de Lutas, Protestos e Greves, iniciado pelos metalúrgicos de todo o país, mas que mais uma vez pede a união de todos os trabalhadores brasileiros. É nosso dever impedir ainda mais desmontes dos direitos básicos da população! Vamos lutar pela nossa Aposentadoria e contra essas maracutaias da Reforma Política que esses corruptos estão fazendo.

O cenário para o trabalhador é cada vez mais complicado, e por isso nós precisamos agir o quanto antes. Já nos empurraram a Reforma Trabalhista, que tirou nossa proteção e diminuiu nossos direitos. Agora querem “ligar o trator” novamente e aprovar a Reforma Política. Reforma essa que vai liberar R$ 3,6 bilhões de dinheiro público para financiar partidos e campanhas políticas ou abrir as portas das doações de empresas privadas, que como a gente já viu, é a maior fonte de corrupção do país. Essa mesma Reforma ainda aprova o “distritão”, um sistema de votação que no final só elege os velhos coronéis de sempre.

Pior do que a Reforma Política é a Reforma da Previdência que está quase em votação. Ela vai acabar de vez com a nossa Aposentadoria e condenar o brasileiro a trabalhar até morrer. Isso tudo com a desculpa de que existe um rombo nas contas causado pela nossa Aposentadoria, mas que já foi provado ser falso. O que existe é uma dívida de bancos e grandes empresas, mas que o governo se nega a cobrar, porque foi financiado por eles e tem o rabo preso. Por isso não podemos deixar que eles forcem a gente a pagar essa conta.

Já chega de ficar calado pra essa lambança toda no Congresso! Nós metalúrgicos vamos liderar esse dia de paralisação e de lutas e precisamos do Brasil do nosso lado! O movimento sindical e a população precisam estar ainda mais unidos nesse momento, porque Michel Temer e sua quadrilha já mostraram que estão juntos para acabar com nossos direitos. E não podemos deixar.

Então vamos pra luta! Dia 14 de setembro os trabalhadores brasileiros estarão nas ruas contra o fim da Aposentadoria e por nenhum direito a menos!

Sérgio Butka
Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba, da Federação dos Metalúrgicos do Paraná (Fetim) e da Força Sindical do Paraná.
Desenvolvido por Agência Confraria