Acesse aqui o Portal dos 101 anos SMC

Palavra do Presidente

Queremos o compromisso com a pauta trabalhista

Sérgio Butka - Presidente
Terminada a Copa do Mundo, o Brasil entra no período eleitoral. E como é de se esperar chovem candidatos prometendo mundos e fundos.  Por isso, devemos ficar espertos e antenados para questionar bem todos aqueles quem vem pedir nosso voto e nossa confiança. Quem são? Qual o histórico de lutas ao lado dos trabalhadores? E principalmente, qual a posição acerca da pauta trabalhista, que caminha aos trancos e barrancos no Congresso Nacional? É há partir desses questionamentos que poderemos ter uma ideia de como votar nessas eleições.

Infelizmente hoje, como todos sabem, a maioria do governo, do Congresso Nacional e das Assembleias Legislativas estão nas mãos do patronal. A pauta trabalhista, que traz a formula para o desenvolvimento do país, caminha a passos lentos em Brasília, com deputados e senadores fazendo o jogo perverso das empresas, do patronal e das elites. É isso que tem atravancado o Brasil de avançar na consolidação da democracia e da justiça social. Enquanto os representantes dos trabalhadores forem minoria na política, continuaremos a ter que engolir a seco os desmandos do patronal, a corrupção,  o assédio moral e o uso do judiciário e da polícia como tentativa de intimidar as nossas lutas por melhores salários e condições de trabalho. 

    Por isso, temos que ficar atentos para votar naqueles candidatos que sempre estiveram ao nosso lado nas lutas em porta de fábrica e nas mobilizações por melhores salários. Que sempre atuaram nas associações de moradores e Sindicatos, procurando lutar pela melhoria das nossas comunidades. Que foram forjados na luta diária por melhores condições de vida para todos. Chega de candidatos produzidos pelo marketing e pelo grande capital. Esses podem até ter o sorriso e o discurso bonito, mas não conhecem nada da nossa realidade.

    Então, fiquemos atentos aos candidatos que irão bater na nossa porta e exijamos deles o compromisso com a pauta trabalhista. Quanto mais representantes dos trabalhadores tivermos na política, maiores serão as chances de aprovarmos bandeiras importantes como a redução da jornada e o Fim do Fator Previdenciário, o que seria uma evolução enorme para o bem estar e a economia dos trabalhadores e do país!

Sérgio Butka
Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba, da Federação dos Metalúrgicos do Paraná (Fetim) e da Força Sindical do Paraná.
Desenvolvido por Agência Confraria