Acesse aqui o Portal dos 101 anos SMC

Palavra do Presidente

Em 2015 a luta é em defesa dos empregos!

Sérgio Butka - Presidente
O objetivo está lançado! Em 2015 a luta da classe trabalhadora será em defesa da manutenção dos empregos! Isto porque o empresariado quer mais uma vez jogar a responsabilidade nas  costas do trabalhador e de forma arbitrária! Muitas empresas estão tentando demitir sem mesmo antes dialogar com os Sindicatos. Para elas não interessa procurar soluções e evitar que famílias fiquem a mercê do desemprego.

Recentemente a Volvo tentou demitir sem procurar alternativas para resolver o problema. Ironicamente o Grupo Volvo registrou no 1º semestre deste ano um lucro líquido de € 399,6 milhões, o equivalente a R$ 1,31 bilhão. Pois é! Na hora do “pega pra capar” o primeiro a ser jogado ladeira abaixo somos nós, trabalhadores. Enquanto isto, o grande capital sai pela tangente, ileso e dando risada.

Os grandes lucros, as concessões de benefícios e impostos sobre grandes fortunas ficam guardados e resguardados a sete chaves. Mas isto é apenas a ponta do iceberg. Pois o contraste que coloca lado a lado trabalhador e elite é ainda maior. É só ver o quanto os bancos engordaram seus lucros recebendo quase metade do orçamento da União com juros e amortização da dívida.

Outra vergonha é o “salarinho” dos ministros do Supremo Tribunal Federal que subiu dos R$ 29,4 mil para R$ 35,9 mil, registrando uma alta de 22%. Qual é o trabalhador no Brasil que recebeu um reajuste desses? E no lombo da classe trabalhadora  sobra o quê? Arrocho!Isto mesmo! Arrocho! É redução do abono salarial, do seguro desemprego, mais impostos nos combustíveis e por aí vai.

Tá tudo aí publicado nesta edição do “A Voz do Metalúrgico”. Então companheiro! Diante deste cenário só nos resta partir para a mobilização. Já passamos por momentos semelhantes, como por exemplo, em 2009, no auge da crise financeira mundial. Por isso, não vamos baixar a  guarda! Pois se o grande capital  usa e abusa da “articulação” com a alta cúpula, nós seguiremos em frente na base da luta e da  unidade. Pela manutenção dos empregos, já! Essa conta não é nossa!
Sérgio Butka
Presidente do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba, da Federação dos Metalúrgicos do Paraná (Fetim) e da Força Sindical do Paraná.
Desenvolvido por Agência Confraria